Filho, Enteado ou Primo...



Quando chegou, tinha uma dificuldade, fazer esquecer um Slimani que depois de Liedson, se tinha tornado uma referência do ataque verde e branco. Olharam para ele e pensaram, quem é, e o que poderá dar, sem ar de avançado, quanto mais de matador, seria uma espécie de tentativa ou uma certeza incerta. Com olhar meio cansado, com corrida irregular, com corpo que fazia duvidar, e um nome que o treinador dificilmente acertaria, e que muitas vezes foi trocado por vários adeptos.
Hoje temos o melhor marcador do campeonato, que já dão como perdido, temos um jogador que faz algo que nunca se fez em equipas de Jesus, que é ter a maioria dos golos da equipa, sem dividir como normalmente Jesus faz e tem nas suas equipas. Calou meio mundo e o outro mundo anda a divagar como ele é bom! Aquilo que se pode dizer? Nada mais que os golos que tem marcado, e até já de penalti o faz, tudo para que Jesus no final tenha um prémio na sua equipa, o de melhor marcador. Ainda a procissão vai no adro, mas por este andar, está bem encaminhado para que tal aconteça. E hoje podemos dizer que Bas Dost é um ponta de lança matador, a lembrar outros tantos que de verde e branco vestiram e que tantas vezes fizeram balançar as redes adversárias!
E tem coisas que não lembra a ninguém, como no lance em que assiste para o lado, e já em frente à baliza, portanto, não é só de golos que vive tal alma, vive para uma equipa que de vez em quando se desmorona na defesa. E como o Poker que fez neste ultimo jogo, que podia ter sido uma Manita, mas não quis isso, pois roubaria a primeira pagina do jornal ao aniversariante. E a maneira como agradece ao publico, colegas pelas assistências e às pessoas que acreditaram nele e que passaram a acreditar, merece mais do que estas palavras, merece já um destaque na poltrona leonina, pois nem sempre um jogador de verde e branco faz um poker e é líder dos melhores marcadores!
Hoje Jesus descansa com este nome, e já faltando pouco para terminar o massacre que Jesus este ano leva de futebol em alguns jogos, pode ser que para o ano, além de Bas Dost tenhamos outro avançado ao seu lado que nos leve ainda mais a festejar e que ambos possam fazer Pokers diversas vezes, qualquer que seja o adversário.
Hoje apenas festejamos este, mas sabemos que com ele, podemos perder o campeonato, mas com alegria de tanto cantar nanananana, isso já ninguém nos tira. E de sorriso nos lábios, dizemos é o nosso matador, Bas Dost!!!