Saber falar e Saber Ouvir


Eu adoro futebol e não estou a dar novidade nenhuma aqueles que me conhecem e que partilham comigo o dia a dia se disser que é quase impossível estar mais que dois minutos à conversa sem fazer uma referência ao amor da minha vida. 

É quase impossível no meu dia a dia não comparar uma situação com alguma coisa com o futebol, mas a verdade é que há coisas que me fazem muita confusão. É sempre difícil falar sobre futebol com quem que seja, principalmente se for uma pessoa com a qual não temos confiança suficiente. Pior ainda é falar sobre futebol com aquelas pessoas que se acham cheias de razão e que ainda nem a tua opinião foi dada que já sabes que a pessoa do outro lado não concorda contigo. 

O futebol é uma religião, em boa verdade é a única que não tem ateus, gostando de futebol tu corres sempre alguns riscos, nomeadamente quando falas, mas para mim as pessoas que correm riscos maiores são aquelas que não ouvem, nem tentam ouvir. 

Sejas do Sporting, do Porto, do Benfica ou até do Feirense a verdade é que se for impossível falar contigo com um jogo do rival sem tu dizeres que eles foram beneficiados ou que tiveram sorte sem teres factos que comprovem aquilo que tu estás a dizer para mim, a conversa acabou ali. Detesto antis. Porque para mim, que tenho o meu clube do coração e não sou anti nada, vejo essas pessoas como anti futebol. 

Tu até podes ser do Sporting e detestar o Benfica, ou melhor, até podes ser do Porto e gostar de ver jogos do Sporting, mas antes de dizer mal do vizinho tens de te lembrar de uma coisa. Tu gostas do teu clube não só pelos títulos. não só pelos grandes feitos, mas também por tudo o resto. Queres um exemplo? Tenta esquecer-te do teu clube e concentra-te no futebol. Achas que se não gostasses do futebol enquanto desporto gostavas do teu clube? 

Lembra-te sempre : Tu és do Sporting, do Porto, do Benfica, o Braga ou do segundo classificado da 2ª Liga ucraniana porque gostas de futebol. Se não gostasses de futebol enquanto religião a verdade é que não gostavas do teu clube. 

E para a próxima vez que tiveres uma discussão sobre o desporto rei, lembra-te, a religião é o futebol, o ramo é o teu clube, mas a árvore só faz sentido se funcionar em conjunto! 


Bom fim de semana :)