Vegan Beef

http://www.anda.jor.br/06/10/2015/conheca-vegan-beef-grupo-fisiculturistas-veganos
 
"Para quem ainda acredita que uma dieta vegana não proporciona proteínas suficientes, a equipe Vegan Beef vêm para silenciar os críticos.
 
Campeões do último NGA Night of Champions, uma competição de fisiculturismo natural, os atletas estadunidenses mostram que uma dieta vegana pode ser muito saudável e nutritiva.
 
O grupo é formado por 18 atletas, incluindo Austin Barbisch, Andrea Kladar, Greg Moormann, Ariel La Fleur, Ivan Blazquez, Mark Hershkowitz, Cheryl Pannone, Charles Parker, Will Tucker, Erika Reesa e Korin Sutton.
 
O fundador do grupo, Austin Barbisch, também faz parte da revista Vegan Health & Fitness. Em janeiro, ele se mudou com sua namorada de Austin, no Texas, para Miami, na Flórida. Depois da mudança de cidade, Barbisch criou a equipe composta apenas de bodybuilders veganos.
“Eu comecei a levantar pesos com uns 18 anos, em casa, fazendo barra fixa (pull ups), flexões de braços (push-ups) e exercícios com halteres (dumbbell curls). Entrei para uma academia, alguns anos depois. Minha primeira competição de fisiculturismo foi em 1994 “, afirmou Barbisch ao Latest Vegan News.
 
“Eu me tornei vegan por razões éticas, em setembro de 2012, depois de assistir o filme Os terráqueos e perceber a desconexão que eu estava experimentando entre a vida na terra e o que estava no meu prato”, conta.
 
“A razão pela qual eu continuo a ganhar mais músculo e resistência física é para provar que uma dieta vegana não só ajuda, mas supera uma dieta onívora”, explica ele. “Desde que me tornei vegano, eu diminui 35 minutos no tempo que levo para correr 100 milhas (161 kms) e ganhei campeonatos de corrida e fisioculturismo.”
 
Além do Vegan Beef, outros fisiculturistas veganos têm mostrado que é possível ser forte com uma dieta sem crueldade animal."
 
 
Maria Aragão