Beber vinho = treinar no ginásio?


Segundo o estudo referido pelo artigo do Público (em baixo), a ingestão de vinho faz aumentar o ritmo cardíaco e ajuda a reforçar os músculos, mas daí a sugerir que uma coisa possa substitui a outra é grave. Quem terá pago este estudo?

Independentemente das conclusões a que se chegue, mais grave ainda é terem levado a cabo um estudo, cuja utilidade é questionável, onde usaram, exploraram e mataram muitos animais inocentes. (http://www.sciencedaily.com/releases/2012/06/120619225941.htm)
“Um copo de vinho equivale a uma ida ao ginásio?

Muito se tem falado sobre os benefícios do vinho tinto — ajuda a prevenir o cancro, está repleto de antioxidantes e auxilia no combate a doenças cardiovasculares. E agora há uma substância, presente no vinho, que pode fazer magia pela tua saúde

Se por um lado se sabia que os antioxidantes presentes no vinho e noutras bebidas alcoólicas – também existentes nos frutos vermelhos ou no chocolate preto, por exemplo – ajudam a combater os radicais livres (substâncias que se produzem naturalmente no corpo e que afectam o organismo) e a regular os níveis de açúcar no sangue, agora sugere-se que um dos antioxidantes em específico, o resveratrol, pode ser o segredo do sucesso desta bebida para a saúde.

De acordo com o chefe da investigação, Jason Dyck, da Universidade Alberta no Canadá, pode-se associar o consumo de um copo de vinho tinto por dia à prática de exercício físico. Porquê? Há um aumento do ritmo cardíaco em ambas as situações. Mas atenção – um copo de vinho não pode igualar os benefícios da prática do mesmo. Jason acha que o resveratrol “pode ajudar pacientes que querem fazer exercício mas têm algum tipo de incapacidade.” Ou seja, consumir a substância pode assemelhar-se aos efeitos do exercício físico na medida que acaba por reforçar os músculos.

Apesar de serem precisos mais estudos para comprovar a veracidade da pesquisa que compara o consumo de vinho com a prática de exercício, a verdade é que a corrida pela procura de resveratrol aumentou em sites de venda de suplementos. Mas, na realidade, nem os médicos sabem ao certo se o corpo consegue absorver essa substancia a partir daí.

Está já provado que a ingestão da bebida diminui o risco de várias doenças, protege as artérias e tem um efeito anti-inflamatório que pode, também, ajudar a prevenir o envelhecimento.”

Fonte: http://p3.publico.pt/actualidade/ciencia/15839/um-copo-de-vinho-equivale-uma-ida-ao-ginasio

Maria Aragão

Enviar um comentário

[blogger]

MKRdezign

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Imagens de temas por ImagesbyTrista. Com tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget